Blog

Entenda o que é microbiota e qual sua importância para a pele

Diferentemente do que a maioria pensa, uma pele saudável não deve ser livre de todas as bactérias, já que algumas delas estão associadas ao nosso bem-estar. Cada dia mais citado pela indústria da beleza, o termo microbiota se refere à coleção de microrganismos que vivem na pele. Mais exatamente, representa os genomas de todos esses micróbios que incluem desde bactérias até fungos.

Para entender melhor os rótulos de produtos que citam a palavra até as discussões que vêm crescendo entre especialistas, este é o melhor momento para conhecer um pouco mais sobre a sua pele e a saúde dela.

Como a nossa impressão digital, a microbiota, também conhecida como microbioma, é única em cada pessoa. Alguns dos fatores que aumentam a diversidade que existe é a idade e o ambiente em que cada um vive.

A importância desses microrganismos está no fato de que eles convivem e interagem entre si para regular o estado de saúde da nossa pele. Assim, a microbiota reside na barreira cutânea para proteger o tecido de agressores externos. Além disso, também atua controlando nosso sistema imunológico superficialmente.

Quando ocorre um desequilíbrio, podemos sentir nossa pele mais seca e sensível, tornando-se mais suscetível a desenvolver doenças como rosácea, eczema ou psoríase e vulnerável a danos externos. Uma microbiota comprometida também pode contribuir para a aceleração de marcas de envelhecimento.

Mas afinal, como consigo cuidar da saúde da minha microbiota? As tarefas mais básicas incluem manter uma dieta equilibrada, não tomar banho muito quente para não lesar a camada protetora, e, surpreendentemente, manter contato com a natureza ajuda por aumentar a variedade dos organismos.

Agora falando de rotina de beleza, alguns tópicos merecem atenção. É bom manter em mente que quanto menos itens forem usados, menor é a chance de aplicar alguma substância que prejudica o microbioma. Mais especificamente, a limpeza da pele com surfactantes pode causar a remoção desses microrganismos. Já os cosméticos pré e probióticos contribuem com a restauração deles.

Outro ponto importante é evitar cosméticos como esfoliantes e sabonetes com grau de pH elevado, que tendem a desequilibrar o pH natural da pele e, assim, afetar a microbiota que é tão essencial para o bem-estar e aspecto saudável da pele.


Leave a Reply

Your email address will not be published.

*


Chamar no WhatsApp
Olá! Quer tirar suas dúvidas?