fbpx

Blog

Micropigmentação é Tatuagem?

Mesmo que por muitos anos, ao longo do processo de evolução da micropigmentação, essa técnica e a da tatuagem tenham sido realizadas de maneiras idênticas, o aperfeiçoamento de ambos os métodos ao longo da história os tornam completamente distintos atualmente.

 

E para que você saiba distinguir esses procedimentos de uma vez por todas, criamos uma lista com as principais diferenças entre eles e suas principais aplicações. Vamos conferir?

 

1. Os Pigmentos

Além de possuírem elementos diferentes em sua composição, o que impacta diretamente em sua durabilidade na pele, as tintas usadas na tatuagem apresentam moléculas maiores do que as que compõem os pigmentos de micropigmentação. Em termos de peso molecular podemos dizer que as moléculas de micropigmentação pesam entre 3u a 10u; enquanto que o peso de uma molécula de tatuagem é aproximadamente 30u

Essa pequena diferença já é suficiente para interferir no aspecto do resultado final dos procedimentos. Enquanto que as tintas de tatuagem possuem coloração mais viva e não apresentam grandes mudanças em sua tonalidade quando não concentradas, deixando os desenhos e artes dos tatuadores bem marcadas na pele, os pigmentos usados na micropigmentação tendem a ficar com a coloração mais natural quando aplicados, se assemelhando as tonalidades daquilo que se deseja criar ou corrigir.

 

2. Os Equipamentos

As máquinas de tatuagem depositam a tinta na derme realizando um movimento rotacional em grande aceleração com o auxílio de seu motor, o que as tornam conhecidas no mercado como ‘máquinas rotativas’; elas permitem ao tatuador utilizar uma variada cartela de cores de tintas para preencher uma área maior da pele em menos tempo. Já na micropigmentação, o equipamento que será utilizado dependerá muito do procedimento a ser realizado pelo profissional; na micropigmentação labial, bem como no procedimento de reconstrução de aréola, é utilizado o dermógrafo que, assim como as máquinas de tatuagem, também possui movimento rotacional com auxílio de um motor, porém numa velocidade muito menor, o que traz um maior controle e precisão ao profissional; já no procedimento de micropigmentação fio a fio, que constrói fios na sobrancelhas para dar forma e preencher falhas, é utilizado o tebori, um equipamento totalmente manual que possui lâminas em sua ponta, possibilitando a inserção de pigmento na epiderme.

 

3. Os Procedimentos

Tanto na tatuagem quanto na micropigmentação a preparação da pele é fundamental para se garantir um bom resultado; ambos os procedimentos requerem uma boa assepsia da pele antes de se realizar a marcação, ou decalque no caso da tatuagem

Geralmente a duração da sessão de tatuagem é mais longa que a da micropigmentação, tendo uma média de 2 horas; no entanto isso varia de acordo com o tamanho do desenho que o tatuador realizará. No caso da micropigmentação a duração média da sessão é de 1 hora e meia

O quesito ‘dor’, durante os procedimentos, varia com a sensibilidade de cada pessoa; por atingir uma camada mais profunda da pele e ser mais demorada, a tatuagem tende a causar maior incômodo, porém em ambos os procedimentos é possível se utilizar anestésico tópico para aliviar essa sensação.  

 

4. Os Resultados      

Como a micropigmentação visa trazer resultados mais próximos da realidade, é normal que estes sejam mais sutis e naturais do que os da tatuagem. Todos os elementos do processo de uma micropigmentação contribuem para esse aspecto; como o fator da composição do pigmento, a inserção do mesmo em camadas mais superficiais da pele, os equipamentos utilizados no momento de aplicação. Tudo contribui para essa diferenciação.

 

5. A Durabilidade

Como já mencionamos nos tópicos anteriores, na micropigmentação o pigmento é implantado na epiderme, que é a camada mais superficial da pele; essa camada sofre constantes renovações celulares e por isso a durabilidade de um procedimento de micropigmentação é menor, podendo variar de 10 meses a um ano, dependendo do pigmento utilizado ou das características da pele da pessoa, como oleosidade ou secura. 

Já a tatuagem atinge a derme, que é uma camada mais profunda da pele; e por essa razão os resultados são permanentes, sofrendo apenas com o desbotamento ao longo dos anos.

 

Agora que você conhece as diferenças entre esses dois procedimentos, antes de realizar qualquer um deles, tenha em mente a finalidade de cada um e o objetivo que você deseja atingir, se informe e pesquise a respeito, busque sempre profissionais de confiança e com boa recomendação para garantir o resultado esperado.


Leave a Reply

Your email address will not be published.

*